lagrimaO nome do distúrbio é epífora, um excesso de lacrimejamento que acomete cães e gatos.

“O problema é mais visível em animais de pêlo claro, porque a lágrima altera a cor da pelagem”, afirma Tânia Parra, professora e veterinária do Hospital Veterinário da Universidade Metodista.

Segundo ela, não é a acidez que causa essa mudança, mas a quantidade de lágrima. Para diagnosticar a causa, leve o bicho a um oftalmologista veterinário. “Em geral, defeitos na drenagem lacrimal e doenças oculares são os culpados”, explica Tânia. (S. R.)